Visite nossa loja

Clique Aqui

A influência do ruído branco no sono

0

Muitas pessoas sentem mais facilidade para adormecer quando ligam a televisão, o rádio, ou mesmo o ar condicionado. O som emitido por esses aparelhos chama-se ruído branco e, de acordo com os especialistas, é ideal para disfarçar ou abafar outros sons do ambiente, como o barulho de carros, obras ou cachorros latindo. Entretanto, seu uso é controverso.

Como a audição é o único sentido que continua funcionando mesmo durante o sono, o ruído branco serve para bloquear sons cujas frequências variam de intensidade e podem estimular o córtex cerebral, agindo literalmente como uma parede de energia sonora. Apesar dos inúmeros artigos sobre a eficácia do ruído branco para dormir melhor, não há pesquisas científicas suficientes para comprovar esse benefício.

Os estudos sobre a audição e o sono são relativamente novos, ainda há muito a se explorar nessa área. Mas, ao invés de recorrer a truques para dormir, os especialistas afirmam que o mais importante é adotar uma rotina ou padrão de sono estável. Segundo o médico Nitun Verma, da Academia Americana de Medicina do Sono (AASM), nem todos os distúrbios podem ser tratados com ruído branco. A tática não seria produtiva, por exemplo, em casos de apneia – quando a pessoa para de respirar durante o sono.

O neurocientista Seth Horowitz adverte que, se o ruído branco for aplicado todas as noites por um período prolongado, pode afetar as células ciliadas, responsáveis por captar os sons de alta frequência. Além disso, ele lembra que o sono é indispensável para a regeneração do organismo. A exposição constante ao ruído branco faria com que as células ciliadas permanecessem ativas, dando mais trabalho a elas para sanar qualquer dano que haja nessa área.

Vale mencionar também o ruído rosa e o ruído marrom. O primeiro combina frequências altas e baixas, como o som da chuva, enquanto o segundo pode ser representado, por exemplo, pelo barulho de uma queda d’água à distância. Eles soam mais naturais, porque é assim que percebemos o som no mundo. O ruído branco é mais forte porque abrange uma faixa de frequência mais ampla. No entanto, os ruídos rosa e marrom não apresentam força suficiente para bloquear os barulhos externos.

Compartilhar.

Deixar um comentário