Visite nossa loja

Clique Aqui

Exame para detectar câncer colorretal deve ser feito a partir dos 45 anos, decretou Sociedade Americana de Câncer

0

O câncer colorretal, segundo tipo de câncer mais incidente em mulheres,  abrange tumores que atacam um segmento do intestino grosso (o cólon) e o reto. É tratável e, em grande maioria dos casos, curável, se detectado precocemente, quando ainda não se espalhou para outros órgãos.

A Sociedade Americana de Câncer (ACS) anunciou, na semana passada, novas diretrizes quanto a prevenção deste tipo de câncer em um estudo científico, CA: A Cancer Journal for Clinicians.  Agora a recomendação e de que os exames de prevenção sejam feitos a partir dos 45 anos ao invés de 50.

Para alterar as orientações anteriores, a ACS analisou diversas pesquisas sobre os testes feitos e, baseados nestas revisões, os estudiosos identificaram outras estratégias que podem ser mais eficazes.

Logo, a partir dos 45 anos, a sugestão é de que a pessoa faça uma colonoscopia de dez em dez anos ou uma colonoscopia virtual a cada cinco anos, além de um teste de DNA das fezes a cada três anos, um teste imunoquímico fecal ou um teste de sangue oculto nas fezes de alta sensibilidade anualmente.

No Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), só este ano, a estimativa é de 36.360 novos casos, sendo 18.980 em mulheres. Por isso é tão importante ficar atento e fazer os exames de prevenção.

Fonte: G1- Globo 

 

Compartilhar.

Deixar um comentário