Visite nossa loja

Clique Aqui

Janeiro Verde é o mês de conscientização sobre o câncer do colo do útero

0

O câncer do colo do útero, também chamado de cervical, é o terceiro tumor mais frequente na população feminina, atrás do câncer de mama e do colorretal, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. A estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA) é de 16.340 novos casos anualmente.

O câncer de colo do útero é causado pela infecção persistente por alguns tipos do HPV. A infecção genital por este vírus é muito frequente e não causa tumor na maioria das vezes. Entretanto, em alguns casos, podem ocorrer alterações celulares que evoluem para o câncer. É importante compreender que estas alterações das células são descobertas facilmente no exame preventivo (conhecido também como Papanicolaou), e são curáveis na quase totalidade dos eventos. Por isso é IMPORTANTÍSSIMA a realização periódica deste exame.

Um outra estratégia eficiente para prevenção do câncer do colo do útero é a vacinação contra o HPV.  Muita gente não sabe, mas a vacina contra esse vírus é disponibilizada gratuitamente nos postos de saúde de todo o país. Podem e devem ser vacinadas meninas de 9 a 15 anos e meninos de 11 a 15 anos.

 O câncer cervical, ou de colo do útero, não apresenta sintomas no seu início. Como o passar do tempo, a mulher nota um ou mais desses fatores:

– sangramento vaginal anormal: no meio do ciclo menstrual, após relação sexual ou exame pélvico, depois da menopausa, ou menstruação mais longa e forte do que o usual;

– dor na relação sexual;

– dor na pélvis;

– elevação na secreção vaginal.

Compartilhar.

Deixar um comentário