Visite nossa loja

Clique Aqui

Saiba como cuidar corretamente das suas luvas de compressão

0

O IAVB costuma sempre alertar sobre a importância do uso de luvas de compressão por pacientes de câncer de mama, que tiveram esvaziamento axilar.

Esse item é essencial, já que evita ou minimiza o linfedema, que é o inchaço causado pelo acúmulo de líquido linfático no tecido adiposo. Em pacientes de câncer de mama, isso se dá devido ao esvaziamento da axila, ou melhor, a retirada dos linfonodos, que é o método utilizado para evitar que a doença se espalhe pelo sistema linfático.

Os gânglios linfáticos são como uma proteção para os braços, por isso quando retirados podem deixar parte do corpo sem uma maneira de drenar a linfa da área afetada, fazendo com que o paciente corra o risco de ter o inchaço e viva com algumas restrições.

Seguem alguns cuidados que devemos ter, como na hora de mexer com objetos cortantes e picadas de insetos no braço e na mão; evitar levantar peso e  exercícios com movimento repetitivo, como usar o computador, passar roupas, etc.

Cuidados com a luva:

  • ela deve ser bem ajustada no braço, sob medida;
  • a medida que o linfedema diminuir, a luva tem que ser ajustada ou acaba perdendo a função;
  • a lavagem deve ser feita a mão esfregando delicadamente a peça, utilizando sabão neutro ou de coco;
  • após a lavagem, a luva nunca pode ser torcida e deve ser pendurada na sombra de modo com que fique esticada;
  • após a secagem, a luva deve ficar no mínimo 30 minutos na geladeira para conservar as fibras. Há quem as deixe na geladeira, assim a durabilidade é ainda maior. Ou, guarde-a em lugar fresco e arejado.
Compartilhar.

Deixar um comentário