Visite nossa loja

Clique Aqui

Seis mitos sobre o câncer de mama

0

O câncer é um dos temas mais polêmicos e ao mesmo tempo com o maior número de informações incorretas, seja pela internet ou por pessoas que leram em algum lugar, por isto, é importante sempre checar a veracidade dos fatos.  Como o Instituto Arte de Viver Bem já divulgou várias vezes, segue uma lista com dicas do oncologista Felipe Ades, do Hospital Albert Einstein que corrobora o que sempre alertamos:

  1. Usar sutiã apertado causa câncer? – A falsa ideia é que os sutiã comprimiriam os vasos sanguíneos, acumulando assim toxinas na mama. Nenhuma base científica, sutiã de todas as formas e tamanhos está liberado!
  2. Todos os nódulos da mama são câncer? – A maioria absoluta dos nódulos na mama correspondem a lesões benignas ou cistos. Achando um nódulo, não há motivo para desespero, apenas consulte o mastologista ou ginecologista.
  3. Próteses de silicone aumentam o risco de câncer? – Não há relação com o desenvolvimento de câncer de mama, no entanto, próteses de silicone podem atrapalhar a realização de mamografias, outros exames podem ser necessários para o rastreamento.
  4. Em caso de câncer de mama, retirar toda a mama aumenta a chance de cura se comparado a tirar apenas a parte com câncer?– A mastectomia, procedimento realizado para a retirada de toda a mama, oferece a mesma eficácia que a segmentectomia, que tira apenas o setor da mama onde está localizado o câncer.
  5. A história familiar de câncer de mama na família do pai não influi no risco? – Isto é falso, os genes vêm metade do pai e metade da mãe, ambas as histórias familiares são relevantes.
  6. Biópsias da mama podem espalhar as células doentes no corpo? – Essa questão já foi estudada e nenhuma relação foi encontrada entre a biópsia da mama e o aparecimento de câncer de mama em outras localizações.
Compartilhar.

Deixar um comentário