Visite nossa loja

Clique Aqui

Teste genético e tratamento do câncer

0

Um dos temas que ganhou destaque no Congresso da Associação Americana de Oncologia Clínica (Asco), ocorrido em Chicago na semana passada, foi a chegada de testes genéticos modernos e com baixo custo para combater diferentes tipos de tumores.

Fazer exames que vasculham o DNA já é realidade para alguns tipos de câncer, como o de mama, colorretal, e o de pulmão.  Para dar um exemplo desta descoberta, cientistas do MD Anderson Cancer Center, que também fica nos Estados Unidos, acompanharam mais de 1 300 pacientes com a doença. Aqueles em que o teste genético detectou alguma mutação tiveram o dobro de sobrevida em relação ao grupo que não fez exames do tipo.

O doutor Stephen Stefani, membro da Asco e do Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, afirmou que no último congresso discutiu-se os métodos de diagnóstico e análise dos testes genéticos e como podem definir a estratégia e o manejo do tumor. Isto só foi possível, também, graças à chegada de novos remédios, principalmente os imunoterápicos.

Algumas destas drogas já estão aprovadas para certos tipos de tumores que apresentam determinadas características genéticas, independentemente do lugar onde o problema se iniciou. “Isso abriu muito as nossas possibilidades e escolhas, além de permitir adicionar e misturar diversas opções terapêuticas, como incluir a quimioterapia ao longo do tratamento”, acrescenta Stefani.

Fonte: Saúde– Abril

Compartilhar.

Deixar um comentário